Press "Enter" to skip to content

Há mais de 30 vulcões ativos em Vénus?

Cientistas da Universidade de Maryland, EUA, e do Instituto de Geofísica da Escola Politécnica Federal de Zurique, na Suíça, demonstraram que Vénus é um planeta com estruturas vulcânicas ativas. O seu estudo, publicado segunda-feira na revista Nature Geoscience, ajudou a detetar várias áreas onde o desenvolvimento destas formações ainda não terminou.

“É a primeira vez que podemos apontar estruturas específicas e dizer: ‘Olha, este não é um vulcão antigo, mas que está ativo hoje, talvez adormecido, mas não morto'”, disse ao portal da universidade um coautor da investigação, Laurent Montési.

O grupo utilizou dados sobre a atividade termomecânica sob a superfície de Vénus para criar uma simulação 3D da formação de “coroas”, que são estruturas em forma de oval, com diâmetros de várias centenas de quilómetros, formados por fluxos de material quente proveniente do “coro” do planeta.

A simulação ajudou a detetar algumas funcionalidades que só estão presentes em estruturas recém-ativas. Embora as coroas de Vénus tenham sido vistas anteriormente como sinais de atividade geológica antiga, os investigadores revelaram agora que estas formações continuam a evoluir, e são a prova de que o interior do planeta ainda não arrefeceu e permanece agitado.

“Podemos dizer que pelo menos 37 coroas têm estado ativas muito recentemente”, disse Montési. O estudo também descobriu as áreas em que estão agrupadas estruturas vulcânicas em evolução, que passarão a ser pontos de interesse para missões como o aparelho EnVision, prevista para 2032 e destinada a estudar a atividade geológica de Vénus.

Be First to Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *