Press "Enter" to skip to content

O vinho tinto tem um componente que pode ajudar na luta contra o COVID-19?

O resveratrol, um antioxidante encontrado no vinho tinto, amendoim, pistácios e algumas bagas de pele escura, poderia aliviar a gravidade do COVID-19, relata o jornal Izvestia citando estudos recentes e a opinião dos cientistas.

Investigadores da Universidade Laval (Canadá) concluem que o resveratrol aumenta a concentração da proteína ACE2, presente nos tecidos dos pulmões e do sistema digestivo, o que está associado a uma redução da gravidade da síndrome de aflição respiratória aguda que acompanha frequentemente o novo coronavírus.

Neste sentido, Román Zinovkin, investigador principal do Laboratório de Biologia Molecular da Universidade Estadual de Moscovo M.V. Lomonosov, explica que, por um lado, um aumento da quantidade de ACE2 aumenta a probabilidade de o vírus entrar na célula.

No entanto, por outro lado, quando esta enzima ‘deixa de funcionar’, isto leva a um aumento da quantidade de um peptídeo chamado AngII, que pode reforçar “a resposta inflamatória”. “Portanto, na minha opinião, a falta de ACE2 e o excesso de AngII têm um impacto negativo no desenvolvimento do COVID-19”, diz Zinovkin.

Be First to Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *